Posts Tagged ‘bandejão’

A demanda por um restaurante universitário (bandejão), que ofereça refeições com o mínimo de qualidade a baixo custo, é uma reivindicação antiga e recorrente do movimento estudantil Fatecano.

bandejao

No ano passado, durante as eleições para o DCE, as duas chapas em disputa, a Conecte-se e a Outros Junhos Virão, apresentaram propostas para a instalação de bandejões nas Fatecs. Na Fatec-SP, uma das únicas unidades a possuir um restaurante universitário (com comida ruim e preço alto), a chapa Todas as Vozes, que está na atual gestão do C.A., também abordou em suas propostas de campanha, a necessidade de melhorar a qualidade da comida oferecida por um preço menor. Essas inquietações, independente das posições políticas, demonstram o quanto que o problema bandejão é caro aos estudantes Fatecanos. O Centro Paula Souza, no entanto, parece ignorá-lo completamente.

Recentemente, durante a Greve das Fatecs e Etecs, ocorrida em março desse ano, um grupo de alunos se reuniu com a Superintendente do CEETEPS, a Prof.ª. Laura Josefina Laganá, e reivindicou, dentre outras coisas, a instalação de bandejões em todas as unidades das Fatecs. Laganá, no entanto, deu a velha desculpa esfarrapada de sempre: o Estado de São Paulo não dispõe de meios e recursos para atender tal solicitação.

Imaginem agora a minha surpresa ao abrir o site do UOL e me deparar com o título da matéria “USP Leste instala bandejão para alunos na Fatec/Tatuapé”. A coisa é tão ridícula que eu não sei nem por onde começar…

Antes, porém, preciso esclarecer um ponto. Não sou contra, de maneira alguma, a instalação de um bandejão compartilhado na Fatec Tatuapé, para atender os Fatecanos em conjunto com os alunos da USP. Acredito que devemos ser solidários com nossos colegas USPianos. Ainda mais, depois da falta de respeito para com a comunidade acadêmica e da lambança protagonizada pelo Governo do Estado na USP Leste. Para quem não sabe, a unidade está com a água e o solo contaminados, e suas dependências infestadas por pragas. A universidade teve que ser interditada no ano passado (2013) e durante a evacuação às pressas, alguns professores perderam anos de material de pesquisas. Para dar seguimento as aulas em 2014, os USPianos foram espalhados em várias faculdades pela cidade. Uma das faculdades a recebê-los, a Unicid, fica ao lado da Fatec Tatuapé.

Como a Unicid não dispõe de R.U, para atender a demanda dos alunos da USP Leste por refeições, foi instalado, em tempo recorde, um bandejão na Fatec Tatuapé. Lógico que o local é pequeno (comporta somente 50 pessoas) e oferece comida em marmitex de alumínio. É o jeito PSDB de fazer política pública, nenhuma novidade… Mas mesmo assim, com todas as precariedades, creio eu, é melhor algum bandejão do que bandejão nenhum.

O mais engraçado de toda essa história, é que no ano passado, eu estive na Fatec Tatuapé e conversei com o então presidente do diretório acadêmico, Thiago (não lembro de seu sobrenome). Ele me disse que a luta por um bandejão já era antiga, (desde a inauguração da faculdade). Inclusive Thiago me mostrou o local que poderia abrigar um restaurante universitário. O Governo do Estado nada fez para atender essa demanda, até a infeliz chegada dos alunos da USP. Penso aqui com meus botões, será que para esse governo, Fatecano é estudante de segunda categoria? Por que não temos bandejões em quase nenhuma unidade e a única chance de termos algo parecido, é quando os alunos da USP precisam utilizar as instalações de alguma Fatec?

Como disse acima, não tenho nada contra os alunos da USP, mas é vergonhoso esse tratamento diferenciado que recebemos do Governo do Estado. A lição que tiro é que precisamos nos organizar e endurecer com esse governo tucano. Senão, estaremos para sempre na rabeira das instituições públicas de ensino do Estado de São Paulo.

Segue a matéria na íntegra do UOL:

http://educacao.uol.com.br/noticias/agencia-estado/2014/04/10/usp-leste-instala-bandejao-para-alunos-na-fatectatuape.htm

USP Leste instala bandejão para alunos na Fatec/Tatuapé

A USP Leste inaugurou nesta quarta-feira, 9, um bandejão na Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec) do Tatuapé. A falta de um bandejão era uma das principais reclamações dos alunos durante a realocação das aulas para a Fatec e a Unicid, na zona leste.

Mas o novo refeitório, segundo os alunos, tem apenas 50 lugares e é destinado para todos os estudantes da unidade, tanto os que foram realocados para a Fatec quanto os que assistirão às aulas na Unicid. A unidade tem aproximadamente 5 mil alunos.

Os estudantes reclamam que o espaço não tem pratos e nem bandejas e que os alimentos estão sendo servidos em marmitex de alumínio. “Hoje ninguém sabia da existência do bandejão, mas não vai dar conta, especialmente quando as pessoas começarem a saber. Além disso é longe da Unicid. São 20 minutos de caminhada e é preciso atravessar um viaduto”, disse Marcelo Fernandes, de 23 anos aluno do 5º ano de Gestão de Políticas Públicas.

Jaqueline Nascimento, de 23 anos, aluna do 5º ano de Gestão Ambiental, disse que o espaço não conseguirá receber todos os alunos da unidade. “É um espaço muito restrito, bem diferente do original. Com certeza não comporta a quantidade de alunos.”

Ampliação

A diretora da unidade, Maria Cristina Motta de Toledo, disse que “à medida que se estabilizar o fluxo será possível estudar uma ampliação”. “Vamos ver como será o interesse dos alunos.”

Anúncios