Blogueiro da revista Veja censura comentário de leitores, desce a lenha nos protestos contra o aumento da tarifa e critica, até mesmo, o grande Raul Seixas.

Posted: 19 de Junho de 2013 by Duke de Vespa in Cotidiano

Comprovei ontem, que o direitista, blogueiro e jornalista da Revista Veja, Reinaldo Azevedo, não respeita os princípios básicos da democracia que diz defender.

Liberdade de pensamento e expressão é um dos pilares da democracia moderna. E a impressa, supostamente livre, deveria defender como um valor fundamental, a pluralidade de interpretações e opiniões.

Na página eletrônica da Revista Veja, em suas “regras para aprovação de comentários” consta que:

 “Aprovamos os comentários em que o leitor expressa a sua opinião, ainda que divergente das apresentadas por autores e/ou entrevistados em reportagens, artigos, colunas, vídeos, fotos e demais conteúdos do site de VEJA.” Exceto “termos vulgares e palavrões, ofensas, dados de terceiros, links, comentários fora do contexto e comentários ininteligíveis”. Até aí, nada de anormal.

Pois bem, ontem de manhã li um artigo no blog (hospedado no site da Veja) do colunista Reinaldo Azevedo, onde o famigerado blogueiro confessa, em tom de ironia, que agora ele também iria se tornar um progressista e que:

“De hoje em diante, sou pelo controle social — e pelo fim do lucro — dos transportes, da telefonia, da mídia, da aviação… Além, claro!, do controle social dos fetos e do orgasmo!”.

O jornalista da Veja afirma que chegou a essa surpreendente conclusão, depois que o programa dominical da Rede Globo, o Fantástico, exibiu uma matéria onde uma das líderes do Movimento Passe Livre, Mayara Vivian, deu uma aula sobre transporte público e cidadania. Já não tenho mais dúvida. Se todo mundo muda de lado, por que não eu?eSe Mayara convenceu o Fantástico, na Globo, quem sou eu para resistir?, questiona-se o blogueiro.

E para finalizar o artigo com chave de ouro, proferiu:

Outro dia, o pai de um remelento enviou pra cá um comentário irado — para o antigo Reinaldo, aquele “reacionário”, sabem?; agora eu mudei. Depois de deixar claro que tinha muito orgulho de seu filho participar dos quebra-quebras por aí, citou Raul Seixas (com Paulo Coelho):

Faz o que tu queres
Pois é tudo
Da Lei! Da Lei!
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa…

Naquele mundo que descobriu as vacinas, pais citavam Catão para que filhos pudessem citar Raul Seixas — falo por metáforas, claro! Quando os pais citam Raul Seixas, então é hora de Mayara Vivian ser tratada pelo Fantástico como pensadora, propor a ‘gratuidade do transporte como ferramenta’ e ser levada a sério.

Não sou do tipo que costuma comentar publicações em blogs. Muito menos, em blogs de tão baixa qualidade quanto o de Reinaldo Azevedo. Porém, como aprovo as manifestações contra o aumento da passagem, encabeçada pelo Movimento Passe Livre, e sou um admirador confesso do grande Raul Seixas, não pude deixar de fazer meu comentário. Já supeitando, lógico, de que poderia sofrer algum tipo de censura da moderação do site.

E não deu outra! Escrevi meu comentário e, para minha não surpresa, ele não foi autorizado. Vejam vocês:

print_reinaldo_azevedo2

No meu comentário não há quaisquer termos vulgares, palavrões, ofensas, dados de terceiros, links, comentários fora do contexto e comentários ininteligíveis. Apenas discordâncias… Discordâncias que deveriam ser caras ao bom jornalismo.

Percebam também, que logo abaixo do meu texto (que estava aguardando moderação) haviam outros comentários que concordavam com a opnião do autor do artigo. Aliás, naquele site existem somente comentários favoráveis a opinão do autor. Algo, no mínimo estranho, para um blog que se vangloria de ter milhares e milhares de acessos.

Enfim, segue o link do artigo para aqueles que quiserem, como o apostolo Tomé, ver com seus próprios olhos para crêr. Procurem meu comentário. Nada acharão, garanto. Segue o link:

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/agora-eu-tambem-sou-progressista-de-hoje-em-diante-sou-pelo-controle-social-e-pelo-fim-do-lucro-dos-transportes-da-telefonia-da-midia-da-aviacao-alem-claro-do-controle-s/

Concluíndo, está provado que o jornalista Reinaldo Azevedo, que diz ser um defensor incansável da democracia, das liberdades individuais, do direito a livre manifestação e expressão, não tolera nem mesmos, um simples comentário divergente em seu blog. Sua democracia é só pose. No fundo, ele não passa de um cão de guarda da casa grande. É justamente, por essas e outras, que a revista Veja é o “detrito sólido da maré baixa”, como dizem certas linguas bem aventuradas por aí.

  

Anúncios
Comentários
  1. Marcio diz:

    censurou o meu agora, fui falar o que eu achava a respeito do PSDB e não aprovaram meu comentário, só falei que a VEJA era o único site no google que falava que o PT era o partino mais corrupto e os outros não, outros comentário fora aprovados e o meu não.

    • O grupo Abril faz parte de um imenso conglomerado de mídia que existe no Brasil. Os grandes empresários são os proprietários absolutos da imprensa. As abordagens jornalísticas são sempre unilaterais e expressam a visão de mundo e valores desse pessoal endinheirado. Que raios de imprensa livre é essa?
      Os colunistas cretinos da Veja (revista caluniadora e difamadora) não aprovam nem os comentários dos leitores que discordam das besteiras que dizem. Tenho prints provando isso. Enfim, a Veja é autoritária.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s